Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
39 987 notas
Eu te amo, amo muito. A ponto de fingir que eu gosto de sua música, de deixar você comer o último pedaço do bolo de queijo, de segurar um rádio em frente à sua janela. Infelizmente as coisas que me fazem te odiar, me fazem te amar. Então, fique comigo. Me escolha. Me ame.
Grey’s Anatomy.   

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
3 759 notas

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
9 063 notas
O amor mais contundente é o que não precisa ser visto para existir. E continuará sendo feito apesar de não ser reparado. O amor real é secreto. É conservar um pouco de amor platônico dentro do amor correspondido. É reservar as gavetas do armário mais acessíveis para as roupas dela, é deixar que sua mulher tome a última fatia da pizza que você mais gosta, é separar as roupas de noite para não acordá-la de manhã. E nunca falar que isso aconteceu. E não jogar na cara qualquer ação. E não se vangloriar das próprias delicadezas. Buscá-la no trabalho é o equivalente a oferecer um par de brilhantes. Esperá-la com comida pronta é o equivalente a acolhê-la com um buquê de rosas vermelhas. São demonstrações sutis, que não dá para contar para os outros, mas que contam muito na hora de acordar para enfrentar a vida.
Fabrício Carpinejar.  (

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
9 737 notas
Eu não conseguia chorar. Estava nauseado demais para chorar, confuso demais.
Charles Bukowski.   

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
30 020 notas
A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos. Tudo bem. O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
Chico Xavier.   

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
4 770 notas

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
5 579 notas
Todas as cartas de amor são ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas. Também escrevi em meu tempo cartas de amor, como as outras, ridículas. As cartas de amor, se há amor, têm de ser ridículas. Mas, afinal, só as criaturas que nunca escreveram cartas de amor, é que são ridículas.
Fernando Pessoa.   

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
2 009 notas
Eu era
Tu eras
Nós erramos.
Eu me chamo Antônio.   

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
12 668 notas
O ser humano é tão criativo que, quando não tem problemas, ele os cria.
Augusto Cury.   

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
5 637 notas
Fez-se silêncio. Ficamos ali parados, como se houvéssemos perdido toda capacidade de pensar, de saber o que queríamos. Eu até gostei. Pensei: bem, está tudo bem, posso ficar aqui parado tanto tempo quanto qualquer outro.
Charles Bukowksi.

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
393 690 notas

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
19 043 notas

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
43 414 notas
Se eu tivesse tomado um atalho, uma rua estreita qualquer, que tipo de pessoa eu teria me tornado? Não sei. Mas gostaria muito de saber. Pelo retrovisor, vejo todas as pessoas que eu poderia ter sido e não fui.
O Teatro Mágico.    

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
6 179 notas

Like this post
postado em: 31/ julho/ 2014
697 990 notas


1





install theme
" Nós nascemos assim, nisso: Nos hospitais que são tão caros, que são baratos para morrer; num país onde as cadeias estão cheias e os hospícios estão fechados; num lugar onde as massas elevam idiotas em heróis ricos."
Theme